Político bom existe?

publicidade
Gostou? Curta e Compartilhe!
Email this to someone
email
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter

Depois de tantas armações que vieram à tona com a Operação Lava Jato, envolvendo um número enorme de políticos, fica difícil acreditar que político bom existe. É triste ver que estamos tão mal representados e que justamente aqueles que deveriam estar zelando pelo bem-estar do povo, na verdade são os que têm feito o maior mal à população, desviando oceanos de dinheiro que poderiam e deveriam estar fazendo muita diferença na vida da população brasileira.

É muito dinheiro indo para o ralo, ou melhor dizendo, para o bolso dos corruptos. Mas, apesar de tudo isso, eu ainda creio que devemos manter a esperança e ter em mente que a melhor (e talvez única) forma de melhorar as coisas é escolhendo melhor aqueles que vão nos representar. Não podemos simplesmente desistir, pois isso, inclusive, facilitaria muito a vida dessas pessoas inescrupulosas, que assaltam os cofres públicos, a custo do sofrimento da população. Isso precisa mudar!

Mas como fazer isso? Um bom começo talvez seja deixar a acomodação de lado e começar a se informar sobre política e políticos. Saber o que está fazendo aquele camarada em quem você votou na última eleição já é um primeiro passo. E prepare-se, você pode acabar descobrindo que seu voto foi jogado no lixo! Mas ainda bem que mandato tem validade, pois assim você terá a chance de nunca mais votar nesse individuo. Analise e procure valores em seus candidatos!

Eu, por exemplo, acho que a característica mais importante de um político é seu caráter, afinal ele terá poder sobre o que não pertence a ele, e para alguém mal intencionado  será muito  fácil escolher se beneficiar desse poder. Caráter não é algo que se vê em propaganda política ou no papo pré-eleição, e sim observando a pessoa de perto. Portanto, pesquise a história do seu candidato para não se arrepender depois, afinal quando você elege alguém é quase como se estivesse dando um papel em branco assinado para ele atuar no seu nome. E esse papel vale pelo mandato todo.

Se você decidir seguir esse conselho e pesquisar sobre a atuação de seu representante, aí vão algumas sugestões para você analisar:

• Do que seu candidato abriu mão em seu favor? Ele abriu mão das regalias, que são criadas pelo próprio meio político e custam muito caro aos cofres públicos?

• Como é a assiduidade do seu candidato no trabalho para o qual você o elegeu?

• Que propostas relevantes para sua vida seu candidato apresentou ou defendeu?

• O seu candidato é a favor de que a população pague a campanha política dele através dos fundos partidário e eleitoral, dinheiro este que poderia estar sendo aplicado em saúde e educação?

Você pode questionar muitas outras coisas, essas são apenas algumas ideias de como começar. Então, se, como eu, você ainda tem esperança, comece a fazer esta análise para, enfim, poder fazer as melhores escolhas políticas com seu voto e, quem sabe até, ser um representante eleito pelo povo. Que a esperança não morra nunca e que um Brasil melhor floresça para os brasileiros.

Na internet dá para encontrar muitas informações sobre a atuação dos políticos, mas é preciso tomar cuidado e avaliar a veracidade das informações, pois hoje enfrentamos um enxurrada de notícias falsas. Um site que tenho usado para avaliação é o Ranking dos Políticos, Dá uma conferida lá!

Comente!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *